segunda-feira, 19 de outubro de 2009

[.das coisas q o futuro sabe.]


[.No tempo futuro tudo é imerso de novo
e o novo é imerso de dúvidas
e as dúvidas são imersas de contrapontos
e os contrapontos são imersos de contradições
e as contradições são imersas de questionamentos
e os questionamentos são imersos de conclusões
e as conclusões são imersas de certezas
e as certezas são imersas de erros
e os erros são imersos de dúvidas
que são imersas de contrapontos
que são imersas de contradições
que são imersas de questionamentos
que são imersos de conclusões
que são imersas de certezas
que são imersas de erros
imersos de dúvidas
imersas de contrapontos
imersas de contradições
imersas de questionamentos
imersos de conclusões
imersas de certezas
imersas de erros
dúvidas
contrapontos
contradições
questionamentos
conclusões
certezas
erros
imersas
imersa
imers
imer
ime
im
i
i
i
i?
não
e!
e?
sim
e o novo?
não tem?
boa pergunta...]

(Vinny)

2 comentários:

:: t.vieiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
:: t.vieiros disse...

:: certezas cheias de erros. perfeito. mas o perfeito está imerso em quê, mesmo? na improbalidade, né? e agora? ser relativo é muito absoluto ou ser absoluto é uma coisa relativa? sabe do que mais? o melhor é viver mesmo, viu? e deixar-se imergir nas coisas boas avulsas que a vida, vez ou outra, proporciona!
:: ótimo texto! quem é o vinny? beijos!