quinta-feira, 15 de outubro de 2009

[.preciso respirar.]


[Subindo as escadas da vida, nessa grande escalada rumo ao topo das minhas descobertas, tropeço, caio e quase desanimo.
Porém, levanto-me, "respiro fundo"... e nesse respirar encho-me de ânimo, vontade e confiança.
Parece até que esse ar que adentra meus pulmões está à "mão" daquele que me deu a vida, que me colocou ao pé da escada e me fez dar o primeiro passo para aprender a subir.
Sinto estar "ligada novamente" numa fonte de energia que me abastece.
Tudo acontece enquanto subo, degrau por degrau.
Paradas ocasionais, descanso necessário, tropeços de alerta, subida retomada.
Porém, às vezes, me surpreendo ao olhar para baixo, e me pergunto:
Quantos degraus galguei? Vários.
Quantos tropeços já dei? Muitos.
Quantas vezes "respirei", antes de retomar a subida? Poucas.
"Preciso lembrar de respirar mais".]

Um comentário:

:: t.vieiros disse...

:: considerando que o respirar é encher-se de ânimo, coragem e confiança... acho que a gente respira pelo caminho porque senão não tem santo que dê forças! rs! a vida é isso... é subir, tropeçar, respirar, subir, tropeçar, respirar e, nesse processo, vive-se mais, melhor e mais feliz! ecrteza! beijão!